6 dicas de empreendedorismo para iniciantes

6 dicas de empreendedorismo para iniciantes

Abrir uma empresa e mantê-la, definitivamente, não é uma tarefa fácil, no entanto, essa é uma das grandes vontades do brasileiro. De acordo com o último levantamento do Global Enterpreneuship Monitor (GEM), realizado anualmente pelo Sebrae, empreender é um dos quatro maiores desejos da população no Brasil, junto com ter um carro, casa própria e viajar mais.

Deste modo, o país se torna um local com potenciais empresários e para ajudar aqueles que estão no início dessa empreitada, vamos mostrar, a seguir, seis dicas de empreendedorismo para iniciantes. Acompanhe a leitura!

1.    Veja se possui perfil empreendedor

Para abrir uma empresa é necessário ter veia empreendedora? Na verdade, não! Habilidades que tornam alguém um bom gestor ou ter um perfil empreendedor são, na realidade, adquiridas com o tempo. A capacidade e o talento para fazer um negócio dar certo não vem acompanhando de uma aura mágica, mas, sim, com muito estudo e trabalho.

Deste modo, o perfil empreendedor é algo que pode ser adquirido e, principalmente, maturado. Abrir a própria empresa requer uma série de conhecimentos e habilidades, portanto, todo mundo pode empreender desde que esteja disposto a se desenvolver e a assumir riscos.

2.    Compartilhe suas ideias com pessoas que podem ajudar

Muita gente quando tem uma boa ideia não quer compartilha-la com outras pessoas por receio de alguém copiar ou até mesmo por medo de dar errado, mas a verdade é que é necessário falar com quem pode agregar no projeto.

Consulte as pessoas mais experientes do mercado para obter conselhos valiosos de quem realmente entende do que está falando. Essa é uma oportunidade de abrir espaço para networking, pois, ser bem relacionado faz toda a diferença para qualquer negócio. Esteja em eventos do setor, participe de palestras e tenha até mesmo um mentor e verá como isso será um diferencial para a sua empresa.

3.    Se prepare profissionalmente

Como já foi dito, o aprendizado é um processo fundamental para quem deseja abrir um negócio. E não se trata apenas de ter conhecimento técnico sobre a área de atuação, mas, sim, de conhecer outros aspectos, como gestão de pessoas, contabilidade, gerenciamento de finanças, entre outros.

Um empreendedor deve saber de tudo o que ocorre dentro da empresa, portanto, conhecer ao menos o mínimo desses setores é extremamente importante.

4.    Conheça o mercado

Conhecer o mercado é uma das partes mais importantes para quem deseja abrir o próprio negócio e também para aprimorar o diferencial quando, finalmente, a empesa estiver funcionando.

Deste modo, é preciso saber quem são os concorrentes, as personas, qual a tabela de preços adequada para os serviços e produtos que o estabelecimento oferece, qual a melhor localização para a loja, entre outras detalhes pertinentes que vão ajudar o empreendedor a iniciar o próprio negócio.

5.    Faça o plano de negócios

O plano de negócios é importante porque é por meio desse recurso que o empreendedor consegue definir objetivos a curto, médio e longo prazo. Esse material leva em consideração o planejamento financeiro da empresa, ajuda a organizar as ideias no inicio de um empreendimento, apoia a administração do estabelecimento – em número e em estratégias – e orienta a expansão do negócio.

Mas não se esqueça: o plano de negócios é um processo contínuo. Sempre será necessário revisá-lo e fazer as adequações que as realidades da empresa e do mercado exigem.

6.    Formalize a empresa

Formalizar a empresa não é importante apenas para manter o negócio dentro das legalidades, mas também porque a formalização gera ganhos e oportunidades, como acesso a crédito e ter direito a benefícios previdenciários para quem se torna MEI – Microempreendedor Individual.

Além disso, a informalidade limita o crescimento da empresa e possibilidade de divulgação, sem contar que é um risco para o empreendedor que pode ter a mercadoria apreendida pelo poder público.

E, então, gostou das 6 dicas de empreendedorismo para iniciantes? Que tal colocá-las em prática para abrir o seu próprio negócio? Além disso, continue acompanhando o blog da Roudrill para ler mais artigos sobre gestão de negócios!


Roudrill. A Chave do Futuro.