Entenda porque a profissão de chaveiro é mesmo rentável

Entenda porque a profissão de chaveiro é mesmo rentável

Pensando em abrir um negócio de chaveiro? Entenda porque este mercado pode ser altamente rentável.

Você sabia que não é apenas de chaves que se vive um chaveiro? Além do serviço tradicional de cópias, o empresário descobriu um importante nicho no mercado já que o negócio pode oferecer afiações de tesouras e alicates, confecção de carimbos e chaves codificadas eletrônicas para automóveis.

Você pode optar em abrir o seu próprio negócio ou abrir uma franquia com o custo de aproximadamente R$ 40 mil. No caso da franquia, o empresário precisa pagar 5% do faturamento mensal para o franqueador. Segundo números do Sebrae, o índice anual de fechamento de empresas é de 22% a 26%. Enquanto o índice de franquia é de apenas 1%, porque já oferece um negócio estruturado.

No caso de chaveiros que trabalham com chaves codificadas de automóveis, o custo deste serviço pode variar de R$ 300 a R$ 800, de acordo com a marca e o modelo do veículo, podendo representar até 30% dos serviços. Por isso, hoje, o faturamento do empresário é de R$ 15 mil por mês.

Segundo pesquisa realizada pelo site G1, o estabelecimento não precisa ser grande para começar. Existem chaveiros que tem apenas dez metros quadrados. Este espaço e somente um funcionário são suficientes para atender cerca de 200 clientes por mês. No estoque, 2 mil peças garantem produção para a grande variedade de chaves existentes no mercado. O serviço, feito na máquina, leva cinco minutos.

Para ter cada vez mais lucros o ideal é sempre diversificar a quantidade de serviços oferecidos estando sempre antenados nas novidades do mercado. O atendimento a domicílio também é um potencial a ser avaliado, principalmente em tempos de pandemia.

Além de todos esses fatores é ideal que o local deva ser sempre bem avaliado e escolhido. A abertura desse chaveiro em um local onde há grande circulação de pessoas certamente terá mais clientes do que em uma rua de bairro por exemplo. Apesar de ter uma grande demanda de produtos e serviços, é um tipo de serviço com baixa inadimplência, pelo seu custo acessível e também porque  para a retirada do produto, precisa haver o pagamento imediato por parte do cliente. Em muitos casos o pagamento de um serviço é até feito antecipadamente à entrega. Por esse motivo essa é uma categoria que raramente venha à falência por problemas de pagamento. Este é um ponto extremamente importante a ser analisado, ainda mais em tempos de crise, já que o chaveiro é considerado um serviço essencial.

Quem nunca precisou recorrer a um chaveiro?

Outros motivos como produtos inovadores, possibilidade de ampliação do seu negócio e facilidade para obter qualificação também devem ser levados muito em consideração. Mas não se esqueça de sempre começar pelo curso de especialização em chaveiro, já que é ele e outros estudos de especialização que darão a você total segurança pela prestação de serviços. Quer receber dicas em relação a isso? Confira aqui https://www.roudrill.com.br/blog/quais-os-melhores-cursos-profissionalizantes-para-chaveiros/ 

Espero que este artigo tenha sido útil para você! E você, futuro chaveiro, gostou?

Nós da Equipe Roudrill estaremos aqui torcendo pelo seu sucesso!

Conte sempre conosco 🙂

Deixe uma resposta